Bom dia seguidores!
Por razões pessoais, faz muito tempo que não atualizava o blog, mas estou de volta!
Para repararmos, escreverei o dobro do que costumava escrever. Uma espécie de redenção… ?


Ponto e a parte, hoje vou falar da conjuntivite, já que com a chegada do outono, além de resfriados e gripes, para dar e dar, nos começam a chegar por urgências diversos casos de conjuntivite, sendo uma das consultas habituais informações sobre remédios naturais para o seu tratamento e prevenção. Assim que isso vai este post. De como curar a tão chateado com conjuntivite “hierbitas” e como evitar o seu aparecimento.


Dicas para prevenir a conjuntivite



  1. Em primeiro lugar, é que é difícil, mas devemos evitar frotarnos os olhos com as mãos. Nossas mãos, embora as lavemos com freqüência, são um parque temático de bactérias e alérgenos.

  2. Um bom truque, principalmente no outono e na primavera, quando voam tantas partículas de árvores e caem muitas folhas, é usar óculos de sol. Nos fazem de barreira protetora, ao menos para o dia… a noite já é outro assunto.

  3. Não partilhe toalhas, especialmente se alguém na casa tem conjuntivite.

  4. Mude os lençóis e fronhas regularmente e devem tal cada dia. Costumam acumular nelas muitos microrganismos.. se sorprenderías!

  5. Se notas teus olhos irritados ou secos, você pode recorrer às lágrimas artificiais ou soro fisiológico para hidratarlos e protegê-los. Vai muito bem para limpá-los depois de nadar na piscina. Especialmente se são piscinas para as que vêm muitas crianças.

conjuntivite


Remédios naturais para a conjuntivite


Por sorte, a mãe natureza nos fornece de plantas medicinais cujos efeitos contribuem, assim como certos medicamentos, a combater várias doenças. A diferença é que essas ervas medicinais não provocam efeitos colaterais e, às vezes, os medicamentos se…
Com isso não quero dar a entender que devemos sempre recorrer à medicina natural. Muitas vezes precisamos de drogas para tratar determinadas patologias e em outras, podemos recorrer a segundas opções menos agressivas.


Camomila


Graças ao seu grande poder anti-inflamatório e anti-séptico, a camomila é ideal para curar a conjuntivite infecciosa.
A forma correta de usar a camomila é incluindo durante 15 minutos um punhado de flores secas e com uma gaze seca, aplicar sobre os olhos uma vez tenha arrefecido a infusão.


Sabugueiro


O sáuco, remédio que muitas avós usavam para curar o mal de olho, é uma planta com propriedades depurativas, anti-inflamatórias e aparentemente reforça as defesas, por isso é utilizado para prevenir resfriados e gripes.
É usada da mesma forma. Incluindo um punhado de folhas secas em meio litro de água e uma vez arrefecido, aplica-se com gazes estéreis.


Calêndula


A calêndula, além de ser uma flor linda, desinfeta, desinflama e favorece a cicatrização de feridas. Também usado em casos de gengivite, faringite, orzuelos e bolsas sob os olhos.
Você precisa ferver 2 colheres de chá de pétalas em meio litro de água durante 5-10 minutos. Em seguida, aplicá-la, como nos casos anteriores.


Equinácea


Planta com propriedades antimicrobianas. Estimula a produção de células T e interferon (proteína que estimula o sistema imunitário)
É ideal começar a tomá-la por 15 dias antes de que comecem os frios. Desta forma o seu sistema imunitário estará reforçado para quando começarem os vírus a atacar.
No meu caso, vários anos que me tenho sentido com as defesas baixas tomei e me ter ido embora de maravilha. Eu comprava na farmácia os comprimidos e me tomava dois por dia. Além disso, muitas frutas e legumes, especialmente alimentos ricos em vitamina C e B, ácido fólico e ferro.